26/09/2014

Como você entrou aqui?


Sabe quando, sem querer, a gente acaba deixando "aquela" pessoa entrar na nossa vida?
 Quando o nosso interior diz "como você entrou aqui?".
 Quando nossa caixinha empoeirada de sentimentos se vê limpa e renovada.
 Quando aquela bela melodia em forma humana vira a trilha sonora do momento.

 Justo conosco, em meio a tanto resto de estrela espalhado no universo.
 Todo um cuidado com nossos sentimentos, todo um trabalho para manter a nossa alma intacta, parece que tudo isso está sendo desperdiçado quando deixamos alguém entrar no nosso coração, né?

As vezes a vida tem uns jeitos estranhos de nos ensinar as coisas.
 Parece que vamos ser despedaçados a qualquer momento.
 Mas nem sempre é assim,como em um jogo, devemos saber jogar.
 Se a vida lhe trouxe um amor, ame.
 Se ganhaste uma oportunidade, aproveite.
 Se a vida te der uma semente, então plante-a.
 Viva. Somente viva, viva intensamente, ame intensamente, faça tudo com intensidade e dedicação.
 É claro que é preciso tomar cuidado com quem e o que entra no nosso coração, é sempre bom manter o controle de si mesmo, mas nada que nos atrapalhe no ato de viver.

 O amor? Ah, o amor. O amor não é uma coisa ruim, ao contrário, o amor é apenas um dos magníficos presentes que recebemos e devemos retribuir diariamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...